Fisiolar

Fisiolar_escolha-consumidor-24

Afonia e Disfonia

Afonia e disfonia são termos médicos relacionados a problemas na voz e nas cordas vocais.

Afonia refere-se à perda completa ou quase completa da voz. Quando alguém está com afonia, é difícil ou impossível produzir sons vocais audíveis. Isto geralmente ocorre devido a um problema nas cordas vocais ou nas estruturas circundantes. As causas comuns de afonia incluem inflamação das cordas vocais devido a infecções respiratórias, uso excessivo ou abuso vocal, pólipos nas cordas vocais, entre outras condições médicas. 

A disfonia é um termo mais amplo que se refere a qualquer alteração na qualidade da voz. Isso pode incluir mudanças na tonalidade, volume, clareza ou controlo vocal, como rouquidão, aspereza ou instabilidade vocal. A disfonia não significa necessariamente perda completa da voz, como na afonia, mas sim uma alteração perceptível da voz. As causas da disfonia podem ser semelhantes às da afonia, incluindo infecções, uso excessivo da voz, lesões das cordas vocais, problemas neurológicos e outras condições médicas subjacentes. 

A intervenção de terapia da fala para afonia e disfonia envolve o tratamento e reabilitação das dificuldades na produção vocal e desempenha um papel fundamental, visando restaurar uma produção vocal saudável e funcional. Algumas abordagens e técnicas comuns utilizadas na terapia da fala para afonia e disfonia incluem as seguintes etapas:

Avaliação  O primeiro passo é uma avaliação detalhada conduzida por um terapeuta da fala para determinar a causa subjacente da afonia ou da disfonia e envolve a análise da anatomia vocal, hábitos vocais, historial clínico e uso vocal.

Treino vocal – A terapia de voz inclui frequentemente treino vocal, que ensina técnicas de respiração, postura e uso vocal saudável, o que ajuda a evitar tensões excessivas nas pregas ou cordas vocais, prevenindo danos adicionais.

Feedback auditivo –  A utilização de gravações da própria voz para fornecer feedback auditivo ajuda os pacientes a identificar áreas de melhoria e a ajustar sua produção vocal.

Higiene vocal- A educação sobre práticas saudáveis de uso vocal, como evitar gritar, pigarrear excessivamente e falar em ambientes ruidosos, é fundamental para prevenir recorrências.

É importante consultar um médico ou um profissional de saúde especializado em problemas vocais (otorrinolaringologista ou terapeuta da fala) se estiver com afonia persistente, disfonia ou qualquer problema relacionado com a qualidade vocal. O diagnóstico e o tratamento adequados podem ajudar a restaurar a saúde vocal e prevenir complicações futuras. O tratamento varia de acordo com a causa subjacente da afonia ou da disfonia e as necessidades individuais de cada paciente, sendo fundamental a intervenção precoce de modo a evitar complicações futuras nos órgãos fonoarticulatórios. 

Fisiolar

Fisiolar

Saúde ao Domicílio

Porquê deslocar-se, se vamos ter consigo?

Uma experiência verdadeiramente conveniente e diferenciadora.
Scroll to Top