Fisioterapia
Cinesioterapia Respiratória Pediátrica (Gi

A fisioterapia respiratória pediátrica, também conhecida como ginástica ou massagem respiratória, está indicada para o tratamento de problemas respiratórios de recém-nascidos, bebés e crianças. Consiste num conjunto de técnicas terapêuticas manuais que visam a recuperação da função respiratória, através da drenagem de secreções. As manobras de tratamento têm como objectivo mobilizar e expulsar essas secreções, sendo os resultados praticamente imediatos, com a melhoria significativa da sintomatologia. Uma sessão poderá ser suficiente para o alívio imediato dos sintomas.

Cinesioterapia Respiratória Geriátrica

A Fisioterapia Respiratória, vulgarmente conhecida por ginástica ou massagem respiratória, tem como objectivo tratar uma grande variedade de problemas respiratórios, muito frequentes na população idosa. Consiste no conjunto de técnicas terapêuticas manuais que visam a recuperação da função respiratória, através da drenagem de secreções e melhoria da capacidade pulmonar. Os resultados são praticamente imediatos, com a melhoria significativa da sintomatologia.

Reabilitação Pós-Operatória

A fisioterapia desempenha um papel fundamental no período pós-operatório de cirurgias, contribuindo para a aceleração do processo de cicatrização, restauro do movimento e da força, com o objectivo de alcançar a funcionalidade máxima do paciente, no menor tempo possível.

Fisioterapia para Paralisia Cerebral

A Paralisia Cerebral corresponde a um conjunto de desordens no desenvolvimento do controlo motor e da postura. Trata-se de uma lesão não progressiva, mas que pode limitar a actividade, dependendo da localização das lesões e áreas do cérebro afectadas. As manifestações podem variar, de ligeiras e quase imperceptíveis, a incapacidades motoras graves, condicionando as actividades de vida diária.

Fisioterapia para Acidente Vascular Cerebral

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é caracterizado pela perda rápida da função neurológica, decorrente da obstrução (isquémia) ou rompimento de vasos sanguíneos cerebrais (hemorragia). É uma doença de início súbito, na qual o paciente pode apresentar paralisação ou dificuldade na mobilização dos membros de um mesmo lado do corpo, dificuldade na fala ou na articulação das palavras e déficit visual súbito de uma parte do campo visual.

Fisioterapia para Doença de Alzheimer

A Doença de Alzheimer é uma doença neurodegenerativa que consiste num tipo de demência que provoca uma deterioração global, progressiva e irreversível de diversas funções cognitivas, como a memória, a atenção, a concentração, a linguagem e o pensamento, provocando alterações na personalidade, comportamento e capacidade funcional do doente.

Fisioterapia para Doença de Parkinson

A Doença de Parkinson (DP) é uma doença crónica que atinge o sistema motor, afectando os movimentos e conduzindo à lentificação dos mesmos, ao aumento da rigidez e tremor, aumentando consequentemente a instabilidade postural e provocando alterações da marcha. A DP consiste na morte de células nervosas de uma região cerebral chamada substância negra, responsáveis pela produção de dopamina, um neurotransmissor que participa no controlo do movimento corporal. Com a morte destas células os níveis de dopamina baixam, afectando consequentemente o movimento.

Fisioterapia para Esclerose-Múltipla

A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença neurológica crónica, inflamatória e degenerativa de etiologia desconhecida, em que as bainhas de mielina que envolvem os axónios dos neurónios sofrem uma reacção inflamatória que as danifica, conduzindo à sua desmielinização e afectando, consequentemente, a capacidade das células nervosas do cérebro e da medula espinhal comunicarem entre si de forma eficaz.

Pilates Clínico

O método de Pilates é uma forma de exercício desenvolvido por Joseph Pilates, que centraliza o desenvolvimento equilibrado do corpo na força abdominal, flexibilidade e consciência para promover um movimento harmonioso de forma eficiente. O Pilates Clínico distingue-se do formato tradicional a partir de um desenvolvimento com origem nas influências de ortopedistas e fisioterapeutas, que com a exclusão de determinados exercícios menos beneficos para a coluna e aparelho urinário tornaram o Pilates ainda mais saudável e eficiente.

Preparação para o Nascimento

A chegada do um bebé é um momento único de alegria, mas de muitas dúvidas. O curso de preparação para o nascimento consiste num conjunto de sessões de esclarecimento que pretendem antecipar e esclarecer essas dúvidas, preparando os pais o mais possível para melhor receberem o seu bebé. O curso tem uma componente teórico-prática e é constituído por 8 sessões, a agendar de acordo com a disponibilidade dos pais. O inicio do curso é recomendado a partir das 25 semanas de gestação.

Tratamento de Incontinência Urinária

A incontinência urinária (IU) consiste na perda involuntária de urina. Os sintomas estão relacionados com os tipos de IU que existem (de esforço, de urgência ou mista). As causas da IU podem ser problemas na bexiga, da musculatura dos esfíncteres ou do pavimento pélvico, sequelas pós-cirúrgicas, problemas cerebrais ou nervosos, gravidez, parto normal, infecção ou inflamação na próstata, infecção ou inflamação do trato urinário, aumento do peso, lesões na coluna, entre outros. A IU pode atingir qualquer faixa etária, sendo mais frequente na menopausa e atingindo mais as mulheres que os homens.

Recuperação Pós-Parto

No puerpério, período vulgarmente denominado como pós-parto, acontecem muitas modificações: a chegada do bebé e todas as exigências que a mesma implica, a amamentação, o retorno do corpo à normalidade... Todas estas mudanças têm um forte impacto na mulher, pois trata-se de uma fase da vida em que ocorrem modificações físicas muito grandes num curto espaço de tempo. Todos os órgãos, principalmente os do sistema reprodutor, recuperam das alterações ocorridas ao longo da gravidez e do parto.