Todo País

Continente e Ilhas

Todo o Ano

Em horário alargado

Fale connosco

212 841 984

PALAVRAS COM CUIDADO

Aqui vamos falar de saúde mas também vamos partilhar histórias de coragem, experiências de superação, muitas dicas de bem-estar. Vamos trocar por miúdos terminologias médicas e descomplicar temas, vamos abordar a vida que acontece e lembrar vidas que aconteceram. Aqui as palavras são escritas com o cuidado que merece.

Classificação dos Recém-nascidos

Classificar o recém-nascido (RN) quanto ao seu peso, idade gestacional (IG) e estado nutricional é importante na identificação das morbilidades mais comuns nos RN. 

As alterações no crescimento do feto, tanto para mais como para menos, até o momento do parto dá-nos condições para analisar alguns distúrbios de crescimento ou alterações metabólicas. 

A identificação precoce relacionadas a classificação do RN é importante para prevenção imediata e tratamento do RN. Alguns fatores podem influenciar no desenvolvimento do feto como a idade materna; estilo de vida, alimentação, condições ambientais, hábitos, assistência pré-natal, doenças maternas, tipos de parto, gestações anteriores, entre outros. 


​Classificação do recém-nascido

No que respeita ao peso, o RN que nasce com peso abaixo de 1.000 g é classificado como recém-nascido extremo baixo peso; os que nascem com peso de 1.000 g à 1.449 g são classificado como recém-nascidos de muito baixo peso e os recém-nascidos com 1.500 g à 2.500 g são classificado como recém-nascido de baixo peso.

Quanto à idade gestacional, o RN é classificado como recém-nascido pré-termo extremo (menos de 30 semanas de IG); recém-nascido muito prematuro (de 30 à 33 semanas e 6 dias); recém-nascido pré-termo tardio (de 34 à 36 semanas e 6 dias); recém-nascido termo ( de 37 à 41 semanas e 6 dias) e recém nascido pós-termo (mais de 41 semanas).

O RN pode ainda ser classificado pelo tamanho como recém-nascido pequeno para a idade gestacional (PIG); recém-nascido adequado para a idade gestacional (AIG) e recém-nascido grandes para a idade gestacional (GIG). A classificação é feita pelo estado nutricional por meio da avaliação do peso e da IG, de acordo com as curvas de crescimento fetal padronizadas. 

As classificações servem para identificar as especificidades físicas, fisiológicas e comportamentais de cada RN, adaptando o tratamento adequado diminuindo ou eliminando as morbilidades.


A intervenção da fisioterapia em recém-nascidos

​A fisioterapia desenvolve um trabalho importante no que se refere ao estímulo neurológico e motor, na parte respiratória para o desenvolvimento e maturação pulmonar, ajudando a prevenção de doenças, remoção de secreções, atelectasias, desconfortos e insuficiência respiratórias, causados por doenças relacionadas com o período neonatal, dentro das unidades de terapias intensivas neonatais (UTINs) até o follow up do bebé de risco.


Referências 
1-Aquino-Cunha, M., Queiroz-Andrade,M., Tavares-Neto, J., Andrade,T. (2002). Pregnancy in Adolescence: Relation to Low Birth Weight. RBGO - v. 24, nº 8.
2-Araujo Filho, A.C.A., Sales, I.M.M., Araújo, A.K.L., Almeida,P.D., Rocha, S.S. (2017). Epidemiological aspects of neonatal mortality in a capital from northeastern Brazil. Revista Cuidarte; 8(3): 1767-76. http://dx.doi.org/10.15649/cuidarte.... 
3-Arruda,D.C., Marcon,S.S. The family in expansion : Experiencing intercurrences during pregnancy and childbirth of a very low weight premature baby. (2007) Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal; 16(1): 120-8.
4-Vaz,F.A.C; Diniz, E.M.A., Ceccon, M.E.J.R., Krebs, V.L.J., (2011). Neonatologia. ed. Manole. p. 03 - 474. 5-Vasconcelos, G.A.R., Almeida, R.C.A., Bezerra, A.R. (2011) Repercussion of physiotherapy in the neonatal intensive care unit. Fisioter Mov.;24(1):65-73.
Classifique este blog:
11
A Importância da Humanização no Sistema de Saúde
A Consulta de Psicologia no Domicílio
 

© Fisiolar - Todos os direitos reservados.